Sediar Reunião Geral da FNP coloca Aracaju em evidência nacional

EDVALDO É PRESIDENTE DA FNP


f_670b96d6fe7e999f0562a0c93.jpg

Durante os dias em que sedia a 81ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), nesta quinta e sexta-feira, dias 25 e 26, Aracaju se torna palco das principais discussões nacionais relacionadas aos municípios brasileiros com mais de 80 mil habitantes. Recebendo mais de 300 gestores, a capital sergipana é colocada em evidência e tem a oportunidade de apresentar ao país as suas potencialidades.

Os dois dias de programação marcarão o retorno das atividades presenciais da entidade desde o início da pandemia, e o fato de isso acontecer em Aracaju garante a oportunidade de uma maior visibilidade para a cidade, uma vez que autoridades de locais muito diversos poderão ver de perto os atrativos aqui existentes, o que favorece desde o desenvolvimento de eventuais parcerias econômicas até a promoção do município como destino turístico.

“Com mais de 300 participantes inscritos - e este número segue crescendo -, a Reunião Geral da Frente dará grande projeção para Aracaju, seja em relação ao Nordeste, seja para o país de maneira geral. A organização e beleza da cidade, o seu povo hospitaleiro, a nossa culinária, a nossa Orla, que já é a maior e mais bonita do Brasil, e o elevado nível de profissionalismo não só da cadeia turística envolvida bem como de todos os prestadores de serviço do evento causarão grande impacto naqueles que virão para a reunião", explica o prefeito de Aracaju e presidente da FNP, Edvaldo Nogueira.

O evento debate algumas das pautas prioritárias para os municípios brasileiros, como transporte público, desenvolvimento econômico, emprego e renda, saúde e desafios educacionais no pós-pandemia, assuntos de relevância nacional que se projetarão a partir da capital sergipana.

“A 81ª Reunião Geral da FNP coloca Aracaju nos próximos dois dias no centro das grandes discussões políticas nacionais e trará para a cidade prefeitos, vice-prefeitos, assessores e técnicos de prefeituras de todas as partes do país, dando um grande destaque para a nossa cidade. Serão centenas de visitantes que, além de participar do evento, conhecerão e, com certeza, se encantarão por Aracaju. Com isso, a nossa cidade ganha ainda mais relevância e visibilidade”, destaca Edvaldo.

Por dois dias, então, e de forma inédita, caberá a Aracaju ser a sede da discussão municipalista no país, ou seja, o espaço onde os desafios que impactam a vida real, cotidiana, dos cidadãos, poderão ser analisados e soluções para tais problemas pensados.

“Pela primeira vez, Aracaju sedia um encontro nacional de prefeitos dessa magnitude, com a presença de gestores de grandes capitais e de médias cidades, que conhecerão a nossa cidade e aqui estarão participando de discussões que impactam a vida de todos os brasileiros em diversas áreas, como saúde, transporte e educação. De modo que Aracaju se tornará a capital da pauta municipalista nestes dois dias e nossa perspectiva é que essa Reunião Geral da FNP seja um importante momento para avançarmos em pautas extremamente importantes para o desenvolvimento e a sustentabilidade das cidades a partir de 2022”, ressalta o prefeito de Aracaju e presidente da FNP.

 

Fonte: AAN